CUIABÁ

Agro

Plano Estadual de Segurança Rural será desenvolvido no Espírito Santo

Publicado em

Agro


Nesta segunda-feira (24) ocorreu a primeira reunião para a construção do Plano Estadual de Segurança Rural, demanda urgente solicitada pela Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (FAES), e demais órgãos que representam os produtores rurais, ao Governo do Estado.

A reunião, em formato online, reuniu o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Alexandre Ofranti Ramalho, o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (SEAG), Paulo Foletto, o presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), Mário Louzada, o presidente da FAES, Júlio Rocha, o vice-presidente da FAES, Wesley Mendes, o presidente da Associação Agricultura Forte, João Bayer, e os presidentes dos Sindicatos Rurais de Pinheiros, Domingos Martins e Jaguaré, Érico Orletti, Alberto Potin e Jarbas Nicoli Filho, respectivamente. 

“Os furtos e roubos em propriedades rurais se multiplicam exponencialmente e precisamos dar respostas efetivas em favor da segurança das famílias rurais”, destaca o presidente da FAES, Júlio Rocha. 

O vice, Wesley Mendes, pontuou a necessidade de um trabalho conjunto para se obter resultados positivos no campo. “Se as ações não forem integradas, coletivas e em parceria com o Governo do Espírito Santo, estaremos cada um atirando para um lado enquanto bandidos humilham os produtores rurais e suas famílias”. 

Leia Também:  Sindicato rural de Juscimeira amplia atuação com flexibilização sanitária
Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Agro

Senar participa de Dia de Campo para implantação de projeto de Cajucultura

Publicados

em

Por

O Sistema Faepa/Senar-PB participou nesta terça-feira (17) do Dia de Campo da Cajucultura, promovido pela Embrapa Agroindústria Tropical e pela prefeitura de Jacaraú, Litoral Norte do Estado. A cidade recebeu quatro unidades de referência tecnológica, onde estão sendo cultivadas 204 mudas de caju adaptadas às condições da região.

O Senar é parceiro da iniciativa, na qual deverá oferecer treinamentos de formação profissional rural e também assistência técnica e gerencial aos produtores. “Colocamos o Senar à disposição para contribuir com o que for necessário para o desenvolvimento do projeto e dos produtores rurais da região”, resumiu o superintendente do Senar, Sérgio Martins.

As propriedades beneficiadas estão recebendo clones das variedades CP-76 e BRS 226, que são melhoramentos desenvolvidos na unidade da Embrapa. A implantação das URT’s marca o início da fase de campo do projeto, que deverá contar com 4 anos de acompanhamento pela empresa de pesquisa.

“Consideramos que a partir do quarto ano do caju é começa a alcançar melhores níveis de produção. Por isso, vamos realizar esse acompanhamento durante o período e ao longo dele, realizar capacitações para orientar os agricultores sobre aspectos diversos da cadeia, como a produção de mudas, controle de pragas, poda, entre outros”, destacou o coordenador da pesquisa, o cientista Marlos Bezerra.

Leia Também:  Com maior participação no setor agropecuário, mulheres ganham espaço e eventos especiais

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
instagram.com/faepasenarpb
twitter.com/faepasenarpb
youtube.com/faepasenarpb
senarpb.com.br

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA