CUIABÁ

Cidades

Mato Grosso registra 553.025 casos e 14.001 óbitos por Covid-19

Publicado em

Cidades


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (01.12), 553.025 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.001 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 192 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 553.025 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.303 estão em isolamento domiciliar e 537.230 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 41 internações em UTIs públicas e 25 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 23,03% para UTIs adulto e em 5% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (114.322), Várzea Grande (41.902), Rondonópolis (38.524), Sinop (26.819), Sorriso (18.600), Tangará da Serra (17.870), Lucas do Rio Verde (15.779), Primavera do Leste (14.867), Cáceres (12.016) e Alta Floresta (11.356).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Governo de MT decreta estado de calamidade e dobra estrutura para combater incêndios florestais

O documento ainda aponta que um total de 402.742 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, não restam amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na terça-feira (30.11), o Governo Federal confirmou o total de 22.094.459 casos da Covid-19 no Brasil e 614.681 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quarta-feira (01.12).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

Leia Também:  Conta de energia elétrica fica mais cara com volta da tarifa extra a partir desta terça-feira

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Cidades

A pedido da AMM, TCE amplia prazo para envio de informes do Aplic

Publicados

em

Por


Os municípios terão novos prazos para encaminhamento dos informes da Auditoria Pública Informatizada de Contas – Aplic ao Tribunal de Contas de Mato Grosso em 2022.  Em atendimento à solicitação da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, o TCE prorrogou os prazos para o envio dos arquivos de prestação de contas.

O pedido foi necessário considerando as  dificuldades  que  as  equipes  técnicas  dos municípios  estavam  enfrentando  para o  cumprimento  do  prazo inicial estabelecido. A AMM recomenda que os gestores  não  meçam  esforços  para  efetuar  os encaminhamentos  visando ao atendimento das exigências legais.

Acesse os novos prazos

Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Emenda aprovada na LDO garantirá recursos aos pequenos municípios inadimplentes
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA