CUIABÁ

Mulher

Cármen Lúcia fala que mulheres estão abaixo de cachorro nas leis de proteção

Publicado em

Mulher


source
Cármen Lúcia
Reprodução/Instagram

Cármen Lúcia

Ministra Cármen Lúcia, do STF (Superior Tribunal Federal), discursa em seminário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral),  “Mais Mulheres na Política – sem violência de gênero”. No evento realizado segunda-feira (18), ela afirma que apesar dos direitos iguais,  mulheres são permanentemente silenciadas. A ministra acrescentou: “nós mulheres não somos invisíveis, nós somos invisibilizadas pelos que não querem nos ver”, declarando que isso é uma  violência cívica.

Entretanto outra fala de Cármen Lúcia repercutiu nas redes. A ministra comparou a pena de violência psicológica contra mulheres com a lei de proteção aos animais, destacando que a pena mais longa é estabelecida a quem pratica maus-tratos a um animal. “Agora no Brasil literal e legalmente, não sei se constitucionalmente, eu como mulher estou abaixo de cachorro. Se estiver acontecendo alguma coisa comigo eu quero se aplique a Lei de maus tratos a animais. Eu não quero o Código Penal.”

Ela se refere ao artigo 147-A, do Código Penal, que fala que a pena é de seis meses a dois anos e multa para quem ameaça a integridade física ou psicológica, restringindo a locomoção ou invadindo ou perturbando a liberdade ou privacidade. A mesma pena é aplicada para quem causar dano emocional à mulher (artigo 147-B do Código Penal). 

Na legislação que fala de maus-tratos aos animais, a pena é de três meses a um ano e multa. Entretanto, se o bicho for um cachorro ou um gato, a pena é de reclusão de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda.


Fonte: IG Mulher
Leia Também:  Ritual para a Lua Cheia em Áries: tenha mais força e motivação

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Mulher

Narcisa Tamborindeguy vai apresentar leilão em boutique no RJ

Publicados

em

Por


source
O leilão contará com itens doados por grandes marcas e tudo que for vendido será doado para o projeto social Mulheres de Luz
Divulgação

O leilão contará com itens doados por grandes marcas e tudo que for vendido será doado para o projeto social Mulheres de Luz

Narcisa Tamborindeguy , a mais famosa das “Mulheres Ricas”, criadora do bordão “Ai, que loucura!” e musa do Twitter, tem também sua faceta social. A socialite irá apresentar um leilão de roupas de grife no Rio de Janeiro (RJ), cuja a renda será destinada a projetos sociais. Aberto ao público, o leilão terá peças de grandes marcas como Green People, Lenny Niemeyer, Amsterdam Sauer, Animale, Galeria Inox, Nk Store, T’Bag e Grupo Soma.

O leilão “Boutique do Bem” será realizado amanhã (02/12), às 19h, será inaugurada a “Boutique pelo Bem”, no 3º piso do Botafogo Praia Shopping. A renda irá financiar o projeto social Mulheres de Luz, em Duque de Caxias, que atende meninas de 12 a 18 anos, com aulas de educação sexual e capacitação profissional.

“Nós queremos mostrar para essas meninas que elas têm direito a uma vida melhor, que podem estudar e ter uma profissão. Elas têm sonhos e nós queremos auxiliá-las para que possam alcançá-los. É um projeto socioeconômico, pois angariamos fundos para apoiar ações de educação sexual e profissionalização destas adolescentes. A ideia é ajudá-las a mudarem suas realidades, gerando renda e dando perspectiva para planejarem suas vidas”, explica Fernanda Capobianco, que está à frente da organização do evento.

A Boutique Pelo Bem será um espaço permanente, com eventos quinzenais, que acontecerão com o intuito de angariar fundos e divulgar a iniciativa beneficente do projeto Mulheres de Luz. Para tanto, a loja venderá roupas, sapatos, jóias e outros itens doados por celebridades, entre elas, Giovanna Antonelli e Narcisa Tamborindeguy, além de peças de diversas marcas apoiadoras como Animale e Use Lapa.

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Tarot: veja qual é a mensagem do Eremita para a sua vida
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA