CUIABÁ

MUNDO

Bomba da 1ª Guerra Mundial explode na Ucrânia, mata dois e deixa noiva ferida

Publicado em

MUNDO


source
Lidiia Makarchuk, de 31 anos, ao lado do marido Norbert Varga, de 43 anos
Reprodução Redes Sociais

Lidiia Makarchuk, de 31 anos, ao lado do marido Norbert Varga, de 43 anos

Uma bomba da Primeira Guerra Mundial explodiu durante um evento em uma floresta da Ucrânia e atingiu uma Liddia Makarchuk, de 31 anos, e seu irmão, Myroslav, de 29 anos, que não resistiu e foi a óbito. As informações são do The Sun.

A publicação diz que a bomba foi ativada após o grupo caminhar nas montanhas do parque dos Cárpatos, próximo da Hungria. O marido Norbert Varga, de 43 anos, estava em sua tenda no momento da explosão.

“Enquanto eu estava guardando o meu equipamento, o som de uma explosão e gritos quebraram o silêncio. Corri para a fogueira o mais rápido que pude, gritando o nome de Lidiia”, disse Varga.

A noiva foi ferida no olho esquerdo, no rosto, nas pernas e nas mãos. Ela contou que conseguiu ouvir o seu irmão agonizando.

“Meu único arrependimento é não ter chamado ele para dizer que o amava”, conta.

Leia Também

Outro membro do grupo também faleceu antes da chegada do resgate. Norbert disse que tentou realizar os primeiros socorros, mas não teve sucesso.

Leia Também:  Morre Frank Williams, criador de uma das mais vencedoras equipes da F1

“Ele lutou pela vida por duas horas. Filmes de guerra são a coisa mais próxima do que vivi naquela noite, jamais esquecerei”, relatou.

Lidiia consegue caminhar, embora ainda esteja se tratamento em um hospital. Ela deverá fazer tratamento ocular no final do mês na Hungria e, depois, retornar ao Reino Unido, onde mora desde 2017.

A família da noiva criou uma vaquinha para arrecadar fundos para pagar o tratamento. Até o momento, cerca de 27 mil euros (o equivalente a R$ 174,3 mil, na cotação atual) foram arrecadados.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

MUNDO

Barco com 40 alunos nigerianos naufraga e 29 morrem; maioria era menor de idade

Publicados

em

Por


source
Maioria dos estudantes eram menores de idade
Conor Sexton / Unsplash

Maioria dos estudantes eram menores de idade

Um barco que transportava cerca de 40 alunos nigerianos naufragou no estado de Kano, no norte da Nigéria . O acidente matou ao menos 29 pessoas, segundo autoridades locais disseram à agência de notícias Reuters nesta quarta-feira (1º).

O barco estava na represa Watari e levava alunos de uma escola islâmica, sendo a maioria menor de 18 anos. O transporte virou às 5h30 (horário local, noite dessa terça no Brasil), informou um funcionário do governo.

De acordo com o porta-voz do serviço de bombeiros do estado de Kano, Saminu Yusuf Abdullahi, as equipes de resgate conseguiram recuperar 29 corpos. “O que sabemos é que o barco estava superlotado”, disse Abdullahi.

Segundo a autoridade do governo local, Aminu Bello Gogori, sete estudantes foram resgatados e estavam recebendo atendimento médico.

Dois moradores locais, Umar Shuaibu e Tanko Isa, relataram que, apesar de a maioria ser menor de idade, alguns tinham apenas 6 anos. De acordo com eles, os sete resgatados são crianças.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA