CUIABÁ

Polícia

Após denúncia, Polícia Civil prende em flagrante homem que violentava psicologicamente a companheira

Publicado em

Polícia


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Uma denúncia feita ao Disque 180 Nacional, de atendimento a mulheres vítimas de violência, levou a equipe da Delegacia da Polícia Civil de Barra do Bugres a um sítio, no município de Porto Estrela, onde foi preso em flagrante um homem de 43 anos por violência psicológica contra a esposa, de 37 anos.

No sítio, a equipe policial conversou com vítima, que confirmou as agressões psicólogicas. Além disso, ela relatou a violência física, a última delas ocorrida em julho deste ano. Ela disse que o companheiro a ameaça de morte e que se ela se separasse dele, seria morta e depois ele cometeria suicídio.

Em um dos episódios de violência, a vítima teve o braço fraturado pelo agressor, que também não a deixava sair de casa, inclusive para visitar a mãe, que reside na mesma comunidade. Diante do medo de novas ameaças, a vítima acabava obedecendo o companheiro, que estava sempre lúcido quando cometia as agressões e, de acordo com a mulher, ele usava argumentos religiosos para tentar convencer a vítima de que sua condição devia ser de submissão.

Leia Também:  Idoso investigado por 50 furtos a vítimas no transporte coletivo é preso pela Polícia Civil em VG

A vítima foi ouvida posteriormente na delegacia. A equipe buscou atendimento psicossocial para ela.

O agressor foi autuado em flagrante pelo crime de violência psicológica (estabelecido no artigo147-B, do Código Penal) e o delegado Rondolpho Bandeira representou à Justiça pela prisão preventiva.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Operação em Cáceres prende 12 em flagrante e apreende armas e drogas

Publicados

em

Por


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil deflagrou nesta terça-feira (25.01), em Cáceres, a Operação Asfixia para cumprimento de mandados judiciais contra pessoas investigadas pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio, entre outros delitos ocorridos no município.

 

Doze pessoas foram presas em flagrante, sendo que contra três delas também foram cumpridos mandados de prisão. Todos são investigados por crimes ocorridos no município, entre eles, o que vitimou o soldado do Exército, Thiago de Brito Almeida, de 19 anos, ocorrido no último sábado.

As forças de segurança apreeenderam até o momento, durante as buscas, 14 tabletes de maconha, porções individuais de entorpecentes, cinco armas de fogo, munições e um veículo.

A operação conta com a participação do 6a Comando da Polícia Militar, Exército Brasileiro, Polícia Federal, Gaeco, Gefron, Corpo de Bombeiros e das unidades da Polícia Civil – Delegacia de Cáceres, Defron, Gerência de Operações Especiais e Gerência de Combate ao Crime Organizado.

De acordo com o delegado regional de Cáceres, Alex de Souza Cuyabano, todos os presos nesta terça-feira têm passagens criminais e são ligados a facção criminosa. “Os materiais apreendidos, como as armas e o veículo, provavelmente são os mesmos utilizados na prática dos crimes”, explicou. 

Leia Também:  Foragido de Rondônia por homicídio e tráfico é localizado em Cuiabá e tenta escapar usando nome falso

Os investigados serão autuados em flagrante por associação criminosa, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A operação está em andamento e as forças de segurança continuam com o cumprimento de mandados de buscas em diversos pontos da cidade.

Homicídio

O soldado Thiago Almeida foi alvejado por disparos de arma de fogo, na noite do último sábado (22.01), em uma praça do bairro Cohab Nova, em Cáceres. Conforme a apuração da Polícia Civil, cinco ocupantes de um veículo Corsa preto dispararam contra a vítima. Na quadra de esportes da praça foram localizadas cápsulas de arma de calibre 9mm.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA