CUIABÁ

Política

Após Twitter, Instagram e Youtube também bloqueiam páginas de Allan dos Santos

Publicado em

Política


source
Blogueiro bolsonarista Allan dos Santos
Alessandro Dantas/ PT no Senado

Blogueiro bolsonarista Allan dos Santos


Após o  Twitter tirar os perfis do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos e do blog dele, Terça Livre, do ar, o Youtube e o Instagram adotaram a mesma medida nesta terça-feira (12). O ato obedece a uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

O magistrado é relator do inquérito sobre a existência de milícias digitais que promovem ataques às instituições e à democracia. Santos é um dos investigados. 

Segundo a Folha de S. Paulo, os encontros dele com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) são analisados pela Polícia Federal (PF) . Eles estiveram juntos no mês passado durante a viagem da comitiva presidencial à Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), nos Estados Unidos.


Santos mora no país desde que passou a ser investigado por Moraes. Ele também é alvo no inquérito das fake news.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Câmara anuncia retorno presencial e exige certificado de vacinação

Publicados

em

Por


source
Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados
Reprodução/Twitter

Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) , anunciou, nesta terça-feira (19), o retorno das atividades presenciais na Casa. A volta será a partir da próxima segunda-feira (25). Para a retomada, será necessário que o deputado apresente o  certificado de vacinação devido à pandemia da Covid-19.

Como será o retorno? 

Segundo Bismarck, as atividades da Câmara funcionarão da seguinte forma:

  • A assinatura continuará sendo eletrônica, com presença física na casa através dos totens ou biometrias dos gabinetes ou plenário;

  • nas votações de mérito, será exigida presença no plenário;

  • a carteira de vacinação de cada deputado deverá ser enviada à primeira secretaria;

  • quem tiver comorbidade poderá fazer requerimento para continuar remoto e continuará votando pelo Infoleg.

    Leia Também

Lira, ao anunciar o retorno, afirmou que a apresentação da carteira de vacinação é necessária.

“A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu há pouco que os trabalhos presenciais serão retomados a partir da 2ª-feira, 25. Serão tomadas todas as medidas administrativas e sanitárias no retorno das atividades, entre elas, a apresentação da carteira de vacinação”, publicou Lira em seu Twitter.

Leia Também:  Dilma envia MP que estende política de valorização do salário mínimo até 2019

A Câmara estava trabalhando remotamente desde o ano passado por conta da pandemia, no entanto, desde fevereiro deste ano, os trabalhos têm acontecido de forma híbrida, com alguns deputados presentes na Casa.

No mês passado, Arthur Lira chegou a anunciar a retomara presencial para 18 de outubro, mas foi que foi adiado.

Durante o ano passado, para evitar aglomerações os deputados votam por meio de um aplicativo no celular. Atualmente, eles ainda podem seguir votando por aplicativo e também circular pelo prédio público. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA